• 1/2 cebola (ou uma cebola pequena)
  • 2 xícaras de arroz arbóreo
  • 1/2 xícara de vinho branco
  • Caldo de galinha
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 colher de café de açafrão-da-terra
  • Parmesão ralado

Muita gente confunde risoto com arroz de forno ou sei lá.
Mas risoto é risoto gente e não é nenhum bicho de sete cabeças preparar.
É feito na panela e fica cremosinho no final ~humm~
Você vai precisar basicamente de arroz arbóreo (a Camil tem um bem bom), um arroz mais gordinho próprio para risoto, e caldo de galinha ou vegetais para preparar a base de qualquer risoto.

O primeiro risoto que eu fiz na vida foi este milanês que é simples e super tradicional. Aprendi no Rainhas do Lar. Vejam só:

Modo de Preparo – RISOTO MILANÊS

Prepare em uma caneca o caldo de galinha conforme instrução da caixinha. Eu faço sempre 1 litro e meio de caldo, mas sempre acabo utilizando menos do que isso.

Refogue a cebola (eu gosto ralada) em óleo ou azeite. Adicione o arroz e dê uma refogadinha nele com a cebola. Acrescente o vinho branco e deixe o álcool evaporar um pouco.

Agora adicione só um pouquinho do caldo de galinha para começar a cozinhar o arroz. Conforme for secando a água, adicione mais caldo, sempre aos poucos. Mexa sempre para não grudar. Quando o arroz estiver cozido, deixe o caldo secar até ficar cremosinho (cuidado para não grudar!).

Desligue o fogo. Adicione as duas colheres de manteiga, aproximadamente 1 colher de café de açafrão e um punhado de parmesão. Eu prefiro utilizar parmesão ralado grosso, daquele que não vem no pacotinho – parmesão de verdade! Misture tudo e fim!

O risoto deve ser servido logo após estar pronto, senão começa a secar e fica ruim. É da panela direito para o prato. Eu adoro!

Abraços!

Crédito da receita: Rainhas do Lar