• 1a CAMADA - CARNE
  • 1kg de carne moída (patinho)
  • 1 cebola pequena ralada/cortada em pequenos pedaços (gosto de usar cebola roxa)
  • 2 dentes de alho
  • 4 tomates picados
  • Pimenta do reino a gosto
  • Chili em pó ou tempero baiano (opcional)
  • Alguma erva de sua preferência a gosto (salsa, coentro, orégano)
  • Sal - a gosto
  • 2a CAMADA - MACARRÃO
  • 1 pacote (500g) de macarrão parafuso/caracol/caracolino
  • 3a CAMADA - MOLHO BRANCO
  • 750ml de leite integral
  • 1 vidro de requeijão
  • 1/2 cebola branca
  • 1 folha de louro
  • 2 cravos
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 pacote de queijo parmesão para finalizar

UPDATE 15/03/15: Estou voltando do hiato que deixei o blog (iei! \o/). Hoje eu refiz esta receita e percebi que modifiquei um pouco a forma de fazê-la. Nada mais justo do que atualizá-la aqui. Hoje estão vetados em minha cozinha os molhos prontos e os caldos industrializados. Espero que gostem, porque eu amo este macarrão!

Como eu já havia contado, ele não é um macarrão árabe. Nós aqui em casa inventamos esse macarrão e colocamos este apelido nele.

Eu tenho um amigo – muito querido por sinal – que estuda árabe (!) e viajou ao Egito para melhorar sua fluência. Ele contou diversas histórias muito interessantes sobre o país e suas experiências de ter morado em um lugar tão diferente (podem ler algumas neste link se quiserem).

Bem, ele um dia me descreveu um prato que envolvia carne e macarrão que obviamente eu nunca vou conseguir reproduzir aqui. Envolvia temperos árabes e etc – coisas que não conheço. Mas inspirada na descrição que ele me forneceu surgiu essa maravilha que faz o MAIOR sucesso. E o nome de Macarrão Árabe acabou ficando…

São três camadas: uma de carne apimentada, uma de macarrão cozido, e outra de molho branco. Eis a receita:

Modo de Preparo – CARNE

Refogue a cebola e o alho no azeite, junte a carne moída e continue refogando até a carne não estar mais crua. Adicione os tomates e cozinhe até que eles comecem a derreter e formar um molhinho.

Agora os temperos. Você pode temperar a carne como você quiser. Eu nessa receita gosto que a carne esteja bem apimentada. Sempre uso ou tempero baiano, ou chili, com pimenta do reino ou pimenta calabresa. As ervas podem ser orégano, salsa ou coentro. Sugiro ir colocando aos poucos e experimentando – tudo depende de gosto quando se trata de tempero, principalmente pimenta!

Depois de dar uma fervida de uns 5 minutinhos para pegar o gosto do molho e dos temperos, desligue o fogo e reserve.

Modo de Preparo – MACARRÃO

Enquanto refoga a carne você pode já ir cozinhando o macarrão. Cozinhe como de costume – com água fervente e  sal. Eu costumo utilizar 1 colher de sopa de sal para 1 pacote de macarrão.

Modo de Preparo – MOLHO BRANCO

Corte a cebola ao meio na transversal (foto no final) e espete uma folha de louro nela utilizando dois cravos. Leve o leite ao fogo para ferver com esta 1/2 cebola dentro (parte dos cravos virada para baixo; virei pra cima pra fotografar). Ela irá aromatizar o leite. Depois de fervido o leite, descarte esta cebola. Junte o pote de requeijão ao leite e mexa até que ele derreta. Em um copo a parte misture a farinha com um pouco de leite FRIO até que dissolva bem. Acrescente esta farinha dissolvida aos poucos ao leite quente da panela, mexendo bastante para não empelotar. Adicione a manteiga e mexa até engrossar. Desligue o fogo.

MONTAGEM

Pegue um refratário e disponha a carne por baixo, depois o macarrão e por cima o molho branco. Cubra com parmesão e leve ao forno só até gratinar.

Nossa escrevendo aqui estou com água na boca. Pena que minha câmera ficou sem bateria. Tive que usar uma não tão boa e não consegui boas fotos.

Se fizerem me contem!

Beijos!