• 2 xícaras e meia de arroz
  • 1 cebola pequena ralada
  • Azeite ou manteiga para refogar
  • Leite q.b (tenha 1 litro ao menos)
  • 200g de mussarela ralada ou bem picadinha (+ fácil para derreter)
  • 50g de parmesão ralado na hora
  • 1 caixinha de creme de leite
  • Pimenta do reino a gosto
  • Noz moscada a gosto (ralada na hora)
  • Orégano (opcional - eu adoro!)
  • Sal a gosto

De volta finalmente!

O segundo Encontro Gourmet que aconteceu no último sábado deu novo ânimo pra eu voltar pra esse cantinho.
Está difícil encontrar forças pra postar aqui; no final do ano elas começam a se esgotar de uma tal maneira…

Mas agora estou louca pra despachar os posts atrasados e finalmente falar um pouco do evento e das coisas que estão saindo da cozinha do LAB depois da montanha de presentes que eu trouxe de lá. Não tem como não estar animada com a dispensa cheia, certo?

Este é um dos posts atrasados. Acho que já deve fazer umas três semanas que preparei este arroz à piemontese (está na hora de fazer de novo já! Rs!)

Essa receita, segundo a Wikipedia, o arroz à piemontese é um prato típico da nossa linda culinária brasileira, apesar do nome. Foi o nosso jeitinho de adaptar o risoto italiano com o arroz que temos aqui – que não fica cremosinho naturalmente.

Bom, resolvemos o “problema” adicionando creme de leite e um monte de queijo, que  fazem o lindo papel de deixar a receita cremosa. Li num cardápio por aí (não posso dizer onde…) esse nome e fiquei com comichões de procurar uma receita. Acabei fazendo meio que essa DAQUI. Ficou maravilhoso, espero que façam e gostem, porque nós em casa, que somos fãs de tudo que vai queijo, adoramos! Anotem aí:

MODO DE PREPARO - Arroz à Piemontese

Cozinhe o arroz normalmente, mas sem o sal. Em outra panela, refogue a cebola em azeite ou manteiga (fiz no azeite). Misture ao arroz já cozido.
Adicione o leite até que cubra o arroz e deixe ferver. Quando o leite ferver, abaixe o fogo e acrescente os queijos até derreteram, mexendo bem para não grudar. Adicione o creme de leite e misture para incorporar. Finalize com os temperos: pimenta, noz moscada, sal (cuidado para não salgar demais, porque o parmesão já é salgado) e orégano (toque meu, rs!).

Desligue o fogo e sirva imediatamente, senão o arroz vira um reboco (e a gente quer comer cremoso, certo?).

Vocês podem servir com uma carne, com batatas fritas, ou com o que sua imaginação permitir. Coma puro, não sei! Rs!
Eu fui bem simples e fiz uma receitinha caseira da mamãe, que vocês conferem no próximo post! Beijos!

#deufomeee

Crédito da receita: Receitas.com