O Sesc está sempre promovendo eventos legais – cursos, shows, etc. O problema é que se você não ficar sabendo do que vai rolar mil anos antes, pode esquecer! O mais certo é que vai ficar só na vontade e não vai conseguir ingressos. Sempre há gente demais e vagas “de menos” – inacreditável.

Tudo isto pra dizer que ontem estive na exposição “Como Penso Como“, curada pela arquiteta e designer Simone Mattar, que se dedica ao que chama de food design. A exposição é gratuita e aberta ao público, com exceção de uma degustação de pratos ($10 para associados ao Sesc, $25 estudante e $50 valor normal). Porém, o principal do evento é justamente a tal degustação; é onde praticamente toda a mostra acontece!

O espaço aberto, gratuito, traz algumas frases de efeito e vídeos bacanas que discutem a relação do homem com a comida. São levantadas nos vídeos questões sobre sustentabilidade e alimentação, o alimento relacionado ao sagrado/religioso, o papel do comércio e do marketing quando pensamos em comida, nacionalidade,  bem como a questão da arte e do design relacionado à gastronomia.

A proposta é realmente MUITO legal. E o banquete pago, além de trazer pratos fantásticos (parece que 9 no total), se preocupou com cada detalhe (louças artesanais, apresentações culturais com música e dança), tudo pensado no sentido de contar algo sobre a culinária brasileira, com um olhar bem forte histórico e cultural, de resgate às nossas tradições.

PENA que só pude olhar as pessoas comendo e passar vontade. A mostra, que vai até o dia 8 de setembro, já tem todos os ingressos das degustações esgotados. :(

Pra quem gosta do assunto, ainda assim vale a pena uma visita ;)

Simone Mattar também esteve no TEDxCampos de 2011, uma série de palestras que procurou discutir a “Alimentação do Futuro”. Deixo um vídeo da palestra dela que é bem bacana. Dá pra conhecer um pouco do pensamento dela, que tem bem a ver com o tema da exposição.

Só espero que tenha outra dessas no ano que vem! O que acham? Ajuda aí né Sesc ;)
Beijos!